Cueva aponta confusões do novo CPC na dissolução parcial de sociedades

Criado com o objetivo de ampliar a resolução de conflitos, o Código de Processo Civil de 2015 pode aumentar o total de litígios por causa de trechos com lacunas e “redação infeliz”, pelo menos em processos envolvendo dissolução parcial de sociedades. É o que afirmou o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva na sexta-feira (10/11), em São Paulo, durante o VIII Congresso Internacional de Direito Empresarial… Veja esta notícia no site do Conjur.

________________________________________________________________________________________________________