Os indexadores gerais de preços IGPDI e IGPM

Os indexadores gerais de preços IGPDI e IGPM

*Gilberto Melo

De todos os índices de preços disponíveis no país os que melhor refletem a inflação ocorrida na ponta do consumo são os índices de preços ao consumidor, como o INPC/IBGE, IPCA/IBGE, IPC/FGV, entre outros. O IGPDI e o IGPM/FGV, por sua vez, não se prestam à aferição da variação de preços ao consumidor, visto que são medidos através da média ponderada do índice de preços ao consumidor, do índice de preços da construção civil e do índice de preços no atacado.

A inclusão da variação do índice de preços da construção civil, assim como a inclusão ponderada do índice de preços no atacado, que não necessariamente tem reflexo na ponta do consumo, descaracterizam estes índices como ao consumidor, tornando-os inadequados para a preservação do poder aquisitivo da moeda.

Dois aspectos agravam ainda mais a inconveniência da utilização destes indexadores:

• Eles são muito sensíveis à variação cambial do Dólar

•Ao contrário dos índices de preços ao consumidor, que são apurados a partir do preço final dos produtos, o índice de preços no atacado é apurado através de listas de preços ainda sujeitas a descontos, ou, ainda, à absorção dos reajustes pelo varejo, evitando que cheguem ao consumidor.
* O Autor é parecerista jurídico-econômico-financeiro, especialista em liquidação de sentença e cálculos judiciais, extrajudiciais e de precatórios, propositor da tabela uniforme de fatores de atualização monetária para a Justiça Estadual aprovada no 11º ENCOGE, engenheiro, advogado e pós-graduado em contabilidade, com site em www.gilbertomelo.com.br.

________________________________________________________________________________________________________