Poder Judiciário 100% Virtual é exibido aos 27 TJs do país

O projeto "Poder Judiciário 100% Virtual", desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, foi apresentado nesta quinta-feira (12/07) aos outros 27 TJs do país, durante o Congresso de Tecnologia da Informatização das Justiças Estaduais, que se estende até hoje (13/07), em Florianópolis. O protótipo mostrado atende a proposta de informatização de todos os procedimentos judiciais, desde a saída da petição inicial do escritório do advogado até a publicação da sentença/acórdão no Diário da Justiça. O TJ, destaque nacional em informatização e modernização desde 1996, quer comprovar na prática que este modelo é factível, ainda que sua implementação tenha que ocorrer por etapas, com o envolvimento de vários órgãos -fóruns, escritórios de advocacia, conselhos tutelares e da Infância e Juventude, secretarias da Fazenda, bancos, polícias, tabelionatos e registros civis. De acordo com o presidente da Comissão de Gestão de Informática (CGInfo) do TJ, desembargador Carlos Prudêncio, a informatização completa tende a reduzir em 98% o tempo de tramitação normal dos processos, além de gerar economia. Um exemplo é o Diário de Justiça, cujo gastos com a versão impressa totalizavam R$ 2,5 milhões por ano. Hoje, ao utilizar-se do meio eletrônico no Estado, as despesas são de R$ 40 mil com a manutenção dos equipamentos. "É a maior revolução dentro do Judiciário brasileiro", ressalta o desembargador. O Congresso de Tecnologia da Informatização das Justiças Estaduais segue até amanhã com palestras sobre a Segurança do Processo Digital, a Certificação Digital e a Lei 11.419.

Fonte: TJSC

________________________________________________________________________________________________________