Mantida prisão preventiva de acusados de golpes “phishing”

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de habeas-corpus a dois acusados da prática de golpes financeiros pela internet. Ataíde Evangelista de Araújo e Vilmo Oliveira de Paula Júnior, ao lado de Antonio Wellington Fontes de França e Adalberto Monteiro Oliveira, criavam sites falsos de bancos para levar os usuários da internet a instalar programas conhecidos como cavalos-de-tróia. Esse tipo de fraude é conhecido como “phishing scam”.
Leia a íntegra

________________________________________________________________________________________________________