Crédito de quase R$ 80 mil foi cedido por R$ 22 mil sem respeitar os honorários advocatícios

Decisão da 1ª Câmara Cível do TJRS manda reservar a parte dos advogados.
Leia a íntegra

________________________________________________________________________________________________________