Cumprimento e liquidação de sentença à luz do novo CPC

INTRODUÇÃO

As sentenças judiciais, por via de regra, devem ser líquidas, claras, concisas e  fundamentadas. Todavia, há casos onde a natureza do pedido, ou do objeto processual de direito material, impede que, na sentença, se delimite o quanto ou o que deverá ser feito/dado em favor do credor. É neste ponto que justifica-se a liquidação da sentença… Veja este artigo no site do Jus.

________________________________________________________________________________________________________