Em queda de liminar, fisco pode cobrar juros, não multa

Incidem juros de mora sobre o tributo devido no período compreendido entre a decisão que concedeu a liminar, em Mandado de Segurança, e a sua respectiva revogação. O devedor, entretanto, não tem de arcar com a multa, pois não se pode penalizar o descumprimento de uma obrigação até então inexigível por força de liminar… Veja esta notícia no site do Conjur.

________________________________________________________________________________________________________